09/12/2017

Seminário Pensamento e Estudos em Arquivos

A Fundação Casa de Rui Barbosa, o Programa de Pós-Graduação em Memória e Acervos da Fundação Casa de Rui Barbosa  (PPGMA/FCRB) e o programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação da Universidade Federal Fluminense (PPGCI/UFF) realizam no dia 12 de dezembro, a partir das 9 horas, na sala de cursos e com entrada franca, o Seminário Pensamento e Estudos em Arquivos. O evento receberá pesquisadores para discutir temáticas contemporâneas da área arquivística.

Saiba mais em: http://www.casaruibarbosa.gov.br/interna.php?ID_S=9&ID_M=4051

Anúncios
25/09/2017

Concurso Arquivista Câmara de BH

A Câmara Municipal de Belo Horizonte (MG) torna pública a realização de Concurso Público para diversas vagas dentre as quais há duas para o cargo de Arquivista cuja remuneração corresponde a R$ 5.561,00 para 30 horas semanais.
A inscrição poderá ser feita entre os dias 28/11/2017 e 04/01//2018. O valor da Taxa de Inscrição para os cargos de nível superior é de R$ 40,10. O Concurso terá validade de dois anos prorrogável por mais dois. Veja mais detalhes no site da banca realizadora Consulplan.

19/09/2017

Concurso Arquivista Marília (SP)

A Prefeitura Municipal de Marília divulgou edital de concurso no qual há uma vaga para o cargo de Arquivista cuja remuneração corresponde a R$ 2.237,32 para 40 horas semanais.

As inscrições serão realizadas via Internet, no endereço eletrônico www.vunesp.com.br, no período das 10 horas de 18 de setembro de 2017, até às 23H59m de 20 de outubro de 2017. A taxa de inscrição para os cargos de nível superior corresponde a R$ 82,20.

O concurso é composto de fase única com prova objetiva. O Edital pode ser visualizado nos sites da Prefeitura de Marília, www.marilia.sp.gov.br e da Fundação VUNESP, www.vunesp.com.br.

15/09/2017

1º Seminário O Programa Memória do Mundo da Unesco e o Patrimônio Documental Brasileiro

O Comitê Nacional do Brasil do Programa Memória do Mundo da UNESCO – MoWBrasil, convida aos interessados a participarem do “1º Seminário O Programa Memória do Mundo da Unesco e o Patrimônio Documental Brasileiro”.

PROGRAMAÇÃO

3/10
18h às 20h30 | Conferência de abertura
Memory of the World: a global affirmation | Memória do Mundo: uma afirmação global
Dr. Ray Edmondson | Consultor Programa MoW Internacional/Unesco e Diretor da Archives Associates (Austrália)
Lançamento do livro | Arquivística audiovisual: filosofia e princípios, de Ray Edmondson

4/10
Mesas
8h | Credenciamento
8h30 às 10h | Patrimônio documental brasileiro
10h às 11h | Ciências da conservação
11h às 12h | Arquivos audiovisuais
13h30 às 15h | Nas fronteiras dos arquivos
15h às 16h30 | Patrimônio bibliográfico brasileiro
16h30 às 18h30 | Patrimônio museológico: memória e história
19h30 às 20h30 | Conferência de encerramento
Memórias do Ultramar: a América portuguesa nos arquivos lusitanos
Prof. Dr. Caio Boschi | Departamento de História/PUC Minas

DATA: de 3 a 4 de outubro de 2017.
LOCAL: Escola de Ciência da Informação – Universidade Federal de Minas Gerais (ECI/UFMG) – Av. Antonio Carlos, nº 6.627, Campus Pampulha – Belo Horizonte/ MG
INSCRIÇÕES: grátis, de 11 a 29 de setembro pelo e-mail memoriadomundo@arquivonacional.gov.br

Mais informações ver: http://mow.arquivonacional.gov.br/

 

Convite_seminário_Memória_do_Mundo

22/08/2017

Concurso Câmara Legislativa do DF

Foi publicado edital de concurso da Câmara Legislativa do Distrito Federal (CLDF), no qual serão oferecidas 81 vagas além de formação de cadastro reserva. Dentre as vagas há uma oportunidade para Consultor Técnico-Legislativo com formação em Arquivologia cuja remuneração corresponde a R$ 15.879,40 para 30 horas semanais.

As inscrições devem ser realizadas através no site da Fundação Carlos Chagas, www.concursosfcc.com.br, entre os dias 14 de setembro de 2017 e 16 de outubro de 2017. O valor da inscrição para o cargo custa R$ 88.

16/08/2017

Preserva.ME 2017

O Centro da Memória da Eletricidade no Brasil abriu inscrições para a terceira edição do Encontro Nacional sobre Preservação de Memória no Setor de Energia Elétrica (Preserva.ME), que ocorrerá nos dias 27 e 28 de setembro de 2017, no Centro Cultural Light, na Av. (Marechal Floriano,168, Centro , no Rio de Janeiro.

O Preserva.ME-2017 reunirá especialistas na área de preservação e memória de diversas instituições com o objetivo de ampliar o intercâmbio entre as áreas e os profissionais que trabalham com o tema. As inscrições podem ser realizadas até o dia 25 de setembro no site da Memória da Eletricidade http://memoriadaeletricidade.com.br/.

08/07/2017

IX Seminário de Arquivologia

18765937_1346036815474246_5031637688415171184_n

Em sua nona edição, o Seminário de Arquivologia (Searq) da Universidade Federal de Minas Gerais acontecerá entre os dias 18 e 22 de setembro deste ano. A temática do evento será “Arquivo em Perspectiva” com abordagem em três campos da pesquisa arquivística: arquivos pessoais, fotografia como documento arquivístico e documentos digitais.

O edital de submissão de trabalhos do evento já foi divulgado pela comissão científica do Searq. Os interessados em apresentar suas pesquisas e relatos de experiência poderão submeter seus trabalhos durante o período de 01 a 15 de agosto.

Para acompanhar as informações do Seminário, acesse a página do Facebook e o site do evento.

01/06/2017

1ª Semana Nacional de Arquivos.

Capturarsemana

O Arquivo Nacional e a Fundação Casa de Rui Barbosa lançam a 1ª Semana Nacional de Arquivos, com o tema “Arquivos abertos, cultura e patrimônio” o evento acontece de 05 a 10 de junho.

A Semana Nacional de Arquivos é a primeira iniciativa deste tipo na área, que visa ampliar a visibilidade dos arquivos e sua inserção na sociedade e é baseada na bem sucedida Semana de Museus. O Arquivo Nacional organiza o evento, em conjunto com a Fundação Casa de Rui Barbosa. Diversas instituições de todo o país se inscreveram, contando com visitas mediadas, palestras, oficinas, exibição de filmes e muito mais!

Essa iniciativa é uma das ações previstas no Plano Setorial de Arquivos (2016-2026), aprovado em 2016 pelo Conselho Nacional de Política Cultural. A data escolhida para a realização deste evento foi justamente na semana em que se celebra o Dia Internacional dos Arquivos: 9 de junho.

Separamos a programação de algumas instituições aqui de Minas Gerais, mas a programação nacional completa está disponível no site: http://semanadearquivos.arquivonacional.gov.br/pt-br/

Arquivo Público Mineiro 

Inscrições gratuitas: https://goo.gl/sO8Ju6
Vagas limitadas.

18839654_1303194696400759_6867979526676647532_o.jpg

Arquivo Público da Cidade de Belo Horizonte

Inscrições: dptpa.fmc@pbh.gov.br

Evento no facebook18664440_1292952454155750_7092162753468239676_n.jpg

Assembléia Legislativa de Minas Gerais

Interessados devem encaminhar o pedido para o e-mail escola.eventos@almg.gov.br, informando o título da atividade – Assembleia de Minas na 1ª Semana Nacional de Arquivos.
Caso tenha interesse de participar da visita à ALMG, deverá indicar o dia da sua preferência, informando ainda nome e endereço completo, CPF e e-mail.

18446791_10206866621184680_3408228253955360937_n.jpg

Dúvidas, informações e esclarecimentos pelo endereço: semanadearquivos@arquivonacional.gov.br

Evento no Facebook

10/05/2017

Seminário Loucura: memórias e fragmento

Evento visa a difusão das instituições envolvidas na organização; difusão do acervo e dos trabalhos técnicos e intelectuais desenvolvidos no APESP e estreitamento de relações com instituições congêneres e será realizado dia em 25 de maio de 2017. Inscreva-se no site http://www.arquivoestado.sp.gov.br/loucura_memorias_fragmentos/.

unnamed

07/02/2017

AN lança Prêmio Nacional de Arquivologia 2017

O Arquivo Nacional lança o Prêmio Nacional de Arquivologia/Maria Odila Fonseca 2017, a fim de apoiar o desenvolvimento da área de Arquivologia no país. Tal iniciativa visa homenagear Maria Odila Fonseca (1953-2007), renomada professora de Arquivologia da UFF e servidora do Arquivo Nacional.

O Prêmio se divide em três categorias: a) Melhor Trabalho de Conclusão de Curso de Graduação; b) Melhor Dissertação de Mestrado e c) Melhor Tese de Doutorado. As inscrições vão até 02 de maio de 2017.

Saiba mais informações através no site e edital do concurso.

13/01/2017

Concurso Hemocentro Brasília

A Secretária de Estado de Planejamento, Orçamento e Gestão do Distrito Federal (SEPLAG) está com inscrições abertas em concurso público para provimento de vagas para os cargos de Analista e Técnico de Atividades do Hemocentro da Fundação Hemocentro de Brasília. Há uma vaga, mais 04 vagas de cadastro de reserva para formação em Arquivologia.  A remuneração para o cargo corresponde a R$ 5.820,00 para uma carga horária de 30 horas semanais.

As inscrições já estão abertas e deverão ser feitas exclusivamente via Internet no endereço eletrônico http://www.iades.com.br até o dia 06 de fevereiro de 2017. O valor da taxa de inscrição é de R$ 58,00.

A avaliação para Analista consistirá na realização de prova objetiva e prova discursiva, que serão aplicadas na data provável de 05 de março de 2017.

13/12/2016

Nota do CONARQ sobre o PLS 146/2007

O Conselho Nacional de Arquivos (CONARQ), comprometido com o respeito à constituição e à legislação arquivística brasileira; ao usuário, especialmente no seu direito constitucional de acesso à informação pública registrada nos documentos arquivísticos; aos princípios da Arquivologia; às melhores práticas de gestão e preservação documental e à preservação do patrimônio documental brasileiro, da memória e da história nacional; vem, por meio desta nota, manifestar sobre o PLS nº 146/2007.

O CONARQ, no dia 1º de dezembro deste ano, durante sua 86ª Reunião Plenária, realizada em Brasília, no Salão Negro do Ministério da Justiça e Cidadania, debateu como item de pauta o que Projeto de Lei do Senado nº 146/2007 (PLS n° 146/2007), que dispõe sobre a digitalização e arquivamento de documentos em mídia óptica ou eletrônica, e dá outras providências. Na mencionada Reunião, o CONARQ, em decisão unânime de seu Plenário, se posicionou contrário ao referido PLS e deliberou que solicitará o arquivamento do PLS 146/2007, por entender sua inadequação, conforme exposto abaixo.

No ano de 2010, o CONARQ já havia se posicionado contrário ao PLS 146/2007, cuja intenção final é somente o de autorizar a eliminação de documentos originais, após o processo de digitalização.

Em 2015, o PLS nº 146/2007 foi desarquivado, a pedido do Senador Magno Malta, por meio do Requerimento nº 129, de 2015.

Em 22 de novembro 2016 foi apresentada uma redação substitutiva ao PLS nº 146/2007, a qual possui equívocos ao alterar importantes dispositivos legais sem o amplo debate, como a Lei Federal nº 8.159 de 1991 (Lei de Arquivos); a Lei Federal nº 13.105 de 2015 (Código de Processo Civil), e a Medida Provisória 2.200-2 de 2001 (certificação digital e ICP-Brasil).

Em 07 de dezembro de 2016, a Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania – (CCJ), em reunião ordinária, aprovou o substitutivo, em caráter terminativo e informa que a matéria será incluída na pauta da próxima reunião, para apreciação em turno suplementar. Neste sentido, o CONARQ se fará representar junto à CCJ e demais instâncias que se façam necessárias.

Observa-se que o PLS n° 146/2007 não considera as seguintes questões, abaixo relacionadas:

ü  as características fundamentais dos documentos arquivísticos enquanto fontes de evidências e testemunho – a autenticidade e a fixidez;

ü  a aplicação da análise forense ou diplomática forense, em casos de contestação de veracidade, impugnação e/ou denúncias de adulteração e falsificação de documentos;

ü  preceitos da gestão de documentos arquivísticos, incluindo a necessidade de processos criteriosos e seguros de avaliação e quando autorizado a eliminação de documentos arquivísticos;

ü  preservação e acesso de longo prazo, incluindo a previsão de planejamento e  investimentos constantes e custos elevados com a manutenção do ambiente tecnológico ao longo dos anos;

ü  uma série de procedimentos indispensáveis à prática de reproduções digitais (cópias digitalizadas), bem como na promoção da preservação e acesso das mesmas;

ü  o contexto de insegurança jurídica e da sociedade na utilização diante das novas tecnologias, sempre em mudança.

O PLS n° 146/2007 extingue a função genuína de “prova” e/ou “testemunho” de grande parte dos documentos arquivísticos, contraria diversas Resoluções do CONARQ que orientam a práticas de gestão documental implementadas no Brasil, bem como, ignora conhecimentos provenientes de pesquisas desenvolvidas no âmbito da Arquivologia, da Diplomática e do Direito, no cenário nacional e internacional.

Além disso, o PLS n° 146/2007 apresenta equívocos, como a confusão entre autenticação e autenticidade; a compreensão equivocada da digitalização como alternativa viável de preservação e da assinatura digital/certificado digital como elemento garantidor da autenticidade do documento. A utilização da certificação digital nas cópias digitais é uma aplicação transversal da certificação digital, pois essa foi regulada para os documentos nascidos digitalmente, não transferindo para o documento original nenhuma característica que o torne dispensável na forma que estabelece o PLS 146/2007.

Outro importante aspecto a abordar é que o PLS146/2007 é vago quanto aos documentos produzidos pelas organizações civis, retirando do poder público a sua autoridade em determinar a manutenção de documentos necessários à fiscalização e controle do estado, o que pode gerar também insegurança jurídica não só nas relações entre o estado e as organizações civis como entre elas mesmas.

Finalmente, cabe observar que o PLS 146/2007, retoma em sua redação a tentativa de tornar vigentes artigos da Lei nº 12.683/2012 e que foram vetados e ainda não apreciados pelo parlamento.

O CONARQ compreende a necessidade da sociedade moderna em produzir ou transformar a informação de que precisa, sejam textos, imagens, vídeos, som, bancos de dados em formatos digitais. Entende que as novas tecnologias digitais abrem oportunidades em todos os campos, face sua extraordinária versatilidade e funcionalidade como, ganho de produtividade e eficiência, otimização dos fluxos de trabalho, facilidade de criação, edição, processamento, distribuição e de acesso aos estoques de dados e informações, no entanto, entendemos que, para avançarmos, com segurança, no uso das novas tecnologias no que tange à produção, gestão, preservação e acesso dos documentos arquivísticos, e neste sentido precisamos unir esforços no desenvolvimento e investimento de mais pesquisas sobre a temática e sua aplicação que, em hipótese alguma, deve sobrepor-se aos princípios e práticas consolidadas e recomendadas pela comunidade arquivística.

Em sua trajetória, o CONARQ sempre focou a gestão documental, independentemente do suporte, com vistas a garantir a proteção e o acesso ao patrimônio arquivístico brasileiro às gerações futuras.

O CONARQ tem atuado na discussão sobre a necessidade de se estabelecer políticas, estratégias e ações que viabilizem a gestão, a preservação e o acesso contínuo aos documentos arquivísticos por longo prazo, garantindo sua confiabilidade, autenticidade (identidade e integridade) e funcionalidade, evitando que ocorra perda do documento, da prova, do testemunho ou da memória. E esses desafios são ainda maiores no caso dos documentos digitais, pois os mesmos, ainda que possuam a mesma natureza dos documentos convencionais, apresentam algumas características próprias que os tornam merecedores de cuidados adicionais.

Pelos motivos expostos, o CONARQ se posiciona contrário ao PLS 146/2007.

Conselho Nacional de Arquivos – CONARQ, em 8 de dezembro de 2016.

Fonte: http://www.conarq.gov.br/noticias/533-nota-do-conarq-sobre-o-pls-146-2007.html

25/10/2016

VIII Seminário de Arquivologia

Nessa semana acontece na Escola de Ciência da Informação (ECI) da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) o VIII Seminário de Arquivologia (SEARQ), com a temática: “Arquivologia: Diálogos possíveis”. O evento é organizado pelo corpo discente, com o apoio dos docentes do curso de Arquivologia da UFMG. A iniciativa surgiu em 2009 com a primeira turma do curso e desde então os novos alunos vem se esforçando para manter projeto.
O SEARQ vem trazendo ao longo de sua trajetória assuntos importantes para a arquivística no Brasil. Confira os temas dos eventos anteriores:

I Apresentação, Conceito e Profissionais (2009)
II Gestão de Documentos (2010)
III Ações políticas no campo arquivístico (2011)
IV Lei de Acesso e novas possibilidades arquivísticas (2012)
V Pesquisa no campo arquivístico (2013)
VI Gestão, preservação e acesso a documentos digitais: Desafios na Arquivologia (2014)
VII Formação e Atuação do Profissional Arquivista (2015)

Nesse ano o evento traz algumas novidades, como a 1ª edição do Encontro com Autor, que hoje terça-feira (25/10/2016) tem a participação do arquivista Thiago Henrique Bragato Barros, também professor adjunto da Universidade Federal do Pará, na ocasião os participantes poderão conversar com o autor e adquirir seu livro  “Uma trajetória arquivística a partir da análise do discurso – inflexões histórico-conceituais”. O livro será vendido por R$ 40,00 e haverá sessão de autógrafos. Além disso, como de costume no evento também acontecerão sorteios de livros e outros brindes, minicursos e feira de livros.
Essa edição do SEARQ contará com a presença de Raphael Rajão Ribeiro que no presente atua no Museu Histórico Abílio Barreto e já atuou no Museu da Imagem e do Som de Belo Horizonte e no Arquivo Público da Cidade de Belo Horizonte (APCBH), ademais foi um dos coordenadores do projeto História de Bairros do APCBH; o professor da Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro, João Marcus Figueiredo Assis, graduado em sociologia, arquivologia e doutor em Ciências Sociais. Além disso, serão ofertados minicursos com a Oficina de Paleografia – UFMG, com as bibliotecárias da ECI Maianna Giselle de Paula, Gabrielle Francinne Tanus e Elaine Diamantino Oliveira e com a professora Ana Panisset.
Para saber mais sobre o evento você pode acessar o site ou a página do facebook. Veja a programação completa:

programacao

Ainda dá tempo de fazer inscrições para o evento, presencialmente ou pelo site.

Parabéns aos organizadores!!

Tags:
06/09/2016

Concurso Arquivista UFOPA

A Universidade Federal do Oeste do Pará (UFOPA) torna pública a realização de Concurso Público, o qual conta com 02 vagas para o cargo de Arquivista com lotação em Santarém (PA). O vencimento básico para nível superior corresponde a R$ 3.868,21 para carga horária de 40 horas semanais.Brasão_da_Ufopa

As inscrições deverão ser feitas exclusivamente via internet, no site www.ceps.ufpa.br entre os dias 20 de setembro e 14 de outubro de 2016. O valor da taxa para o cargo é de R$ 90,00.

No processo seletivo haverá prova objetiva e redação, ambas avaliações  serão aplicadas em 20 de novembro de 2016. Acesse o Edital no link: http://www.ufopa.edu.br/arquivo/concursos/tecnico/2016.

31/08/2016

Concurso Arquivista IFPE

O Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Pernambuco (IFPE), torna público a abertura de inscrições para o Concurso Público, destinado ao provimento de vagas em diversos cargos, dentre as quais há 02 (duas) vagas para o cargo de Arquivista, cuja remuneração corresponde a R$ 3.868,81 para 40 horas semanais.

As inscrições serão realizadas exclusivamente pela internet no site cvest.ifpe.edu.br no período de 03/10/2016, até 08/11/2016. A taxa de inscrição para o cargo é de R$ 100,00.

Haverá somente prova objetiva a ser realizada no dia 08/01/2017.

30/08/2016

Concurso Arquivista IFSULDEMINAS

O Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Sul de Minas Gerais – (IFSULDEMINAS), publicou Edital de Concurso Público destinado ao provimento de cargos de Arquivista e Engenheiro Civil, cuja remuneração corresponde a R$ 3.868,21 para 40 horas semanais.

As inscrições deverão ser efetuadas, exclusivamente, no endereço eletrônico www.ifsuldeminas.edu.br/concurso, no período de 03 de Outubro de 2016 até o dia 03 de Novembro de 2016. O valor da taxa corespode a R$ 90,00.

Haverá somente Prova Objetiva que será realizada na cidade de Pouso Alegre em data a ser divulgada após 17 de Novembro de
2016.

06/05/2016

Concurso Arquivista UFAM

A Universidade Federal do Amazonas (AM) publicou edital de concurso público para cargos técnico administrativos. Entre as vagas há uma para arquivista com remuneração correspondente a R$ 3.666,54 para 40 horas semanais.1 ufam-02

O Concurso será realizado em uma única etapa e constará de Prova Objetiva a ser realizada na data provável de 28/08/2016. As mesmas serão aplicadas em algumas cidades do Amazonas e a lotação é para Manaus.

As inscrições devem ser realizas somente via Internet, no endereço eletrônico www.comvest.ufam.edu.br no período de 30/05/2016 a 16/06/2016. O valor da taxa de inscrição para nível superior é de R$ 91,00.

02/05/2016

Sercomtel SA (PR): inscrições somente até o dia 05/05

A Sercomtel S.A – Telecomunicações, em Londrina (PR), tem inscrições abertas em Concurso Público somente até o dia 05 de maio. Dentre as vagas há (01) uma para Profissional Administrativo I – Arquivista, cuja remuneração corresponde a R$ 3.355,44 para 40 horas semanais.

A inscrição deve ser realizada no site www.aocp.com.br até 5 de maio de 2016. A taxa custa R$ 100,00 para nível superior. O concurso é composto por Prova Objetiva, prevista para ser aplicada em Londrina, em 29 de maio de 2016.

02/05/2016

Ceron/Eletrobrás – RO prorroga inscrições

A Centrais Elétricas de Rondônia S.A. – (Ceron), controlada pelas Centrais Elétricas Brasileiras S/A – Eletrobrás, retificou novamente seu edital (documento nº 001/2014). Desta vez, as inscrições foram prorrogadas, e seguem até o dia 19 de maio de 2016, no site www.exatuspr.com.br. No certame, há cadastro de reserva para o cargo de Arquivista cujo salário base corresponde a R$ 4.894,38 para 40 horas semanais. Mais informações acesse o Edital.

28/04/2016

Graduações em Arquivologia no Brasil

Todos os cursos de graduação em Arquivologia no Brasil são ministrados em universidades públicas federais ou estaduais em grau de bacharelado. O curso marca presença em apenas 11 estados da federação, nas seguintes universidades:

  1. UNB – Universidade de Brasília
  2. UEPB – Universidade Estadual da Paraíba
  3. UFPB – Universidade Federal da Paraíba
  4. UEL – Universidade Estadual de Londrina
  5. UNESP – Universidade Estadual Paulista
  6. UFBA – Universidade Federal da Bahia
  7. UFSM – Universidade Federal de Santa Maria
  8. FURG – Universidade Federal do Rio Grande
  9. UFRGS – Universidade Federal do Rio Grande do Sul
  10. UFMG – Universidade Federal de Minas Gerais
  11. UFSC – Universidade Federal de Santa Catarina
  12. UFAM – Universidade Federal do Amazonas
  13. UFES – Universidade Federal do Espírito Santo
  14. UFPA – Universidade Federal do Pará
  15. UNIRIO – Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro
  16. UFF – Universidade Federal Fluminense

Fonte: http://emec.mec.gov.br/